• Aline Costa

CISTO RENAL: SAIBA O QUE É E SEUS RISCOS:

Um dos principais motivos para preocupação de pacientes é o aparecimento de cisto renal ao fazer um check-up, inclusive aconteceu comigo, durante um check-up descobri cistos no rim direito e também no fígado.

Esse problema costuma atingir ambos os sexos a medida que vamos envelhecendo, de início inofensivo, porém em alguns casos tem potência grave.

Cisto renal são bolsas arredondadas cheias de água que se formam no interior dos rins, normalmente assintomáticos. As chances do surgimento de um cisto renal simples aumenta a partir dos 30 anos.

Cisto Simples:

É uma condição clínica benigna e não costuma causar sintomas. Suas principais características são paredes finas, formato arredondado e regular, com conteúdo límpido e cristalino. Porém quando o cisto aumenta de tamanho os sintomas podem ser:

- Dores entre costela e pelve;

- Dor abdominal superior.

Cisto Complexo:

Esse tipo de cisto tem partes sólidas, com contorno irregular, septos e fibroses, sendo necessário exames mais específicos. Diferente do cisto simples, neste caso podemos estar diante de um tumor renal, com características de cisto.

A Classificação de Bosniak vai determinar seu grau:

- Cisto Renal Boaniak 1: Simples é benigno.

- Cisto Renal Bosniak 2: lesões pouco complexas e benigna, cisto com calcificação.

- Cisto Renal Bosniak 3: Cisto complexo que apresenta absorção de contraste no exame. Alta chance de estarmos diante de um tumor.

- Cisto Renal Bosniak 4: Lesões malignas.

Cisto Cortical:

Esse cisto se refere a localização anatômica, na região superficial do rim: Córtex.

Tratamento:

A maioria dos cistos renais não exigem tratamento, mas um acompanhamento médico para avaliar sua evolução. Um tratamento mais invasivo apenas será necessário em situações de Bosniak 3 e 4 ou cistos simples volumosos e com dor.

Prevenção:

Hábitos alimentares saudáveis, ingestão adequada de água, atividade física regular, controle da Pressão Arterial e evitar o tabagismo.